Os detalhes da Bronca

Marchesín, Saravia, Uribe e Luis Díaz estão sob alçada disciplinar.

Segundo adianta o jornal Record, na edição deste domingo, os referidos jogadores fizeram-se acompanhar pela família na festa que decorreu na casa de Uribe – na qual foi montada uma tenda com DJ -, mas todos eles não abandonaram a mesma até às 23 horas, horário estipulado pelo regulamento interno do FC Porto.

A mesma publicação garante que Marchesín saiu às 01h30, Saravia às 02h00 e Luis Diáz deixou a casa de Uribe às 05h00.

O Record revela ainda que os quatro jogadores alegaram que, pela presença no jantar de Pedro Pinho, agente próximo de Pinto da Costa e da SAD, ficaram com a ideia de que a festa tinha aprovação superior.

Fonte: record.pt

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.