” Houve desentendimento entre Pizzi e Jesus “

Em entrevista à BTV que Pizzi e Jorge Jesus entraram em conflito e que a equipa ficou do lado do capitão dos encarnados e virou costas ao treinador.

“Nessa altura foi comentado tudo e um par de botas. Jesus, como homem do futebol, com a relação que tem comigo, após o episódio que foi tanto falado e que vou ter oportunidade de explicar, chegámos a conclusão que o nosso caminho seria mais complicado. Culmina nesse episódio [conflito com Pizzi], mas não começa nesse episódio. O mês de dezembro foi de extraordinária dificuldade. Se fizermos uma retrospetiva, havia uma exigência grande da parte do Benfica para ser vitorioso em todas as frentes. Havia um objetivo que era entrar na fase de grupos da Liga dos Campeões. Conseguimos atingir todos os objetivos, inclusive a passagem aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, que não acontecia há cinco anos. O mês de dezembro é penoso, tivemos três derrotas pesadíssimas com os rivais. Não foi só perdermos, mas a forma como perdemos. O que chocou mais os adeptos foi a forma como perdemos. Essa primeira derrota com o Sporting logo no início de dezembro criou um ambiente à volta da equipa e de Jesus que não estava favorável. Houve uma série de consequências, como a situação do Flamengo. Estamos a falar de um treinador muito mediático, por mérito seu. É uma pessoa que enche páginas de jornais, não por culpa sua mas por mérito. Tudo fez com que o ambiente se tornasse pesado. Não nos podemos esquecer como acabou o jogo com o Sporting, isso passa para os jogadores e para a estrutura. Finalizou com um episódio com a equipa toda e pensamos que dali para a frente seria tudo mais complicado.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *