Sérgio Oliveira e Corona

Confirmada a renovação do contrato de Sérgio Conceição, que agora se prolonga até junho de 2024, a direção do FC Porto dedica total atenção ao mercado de transferências de verão, onde se arrisca a perder duas das principais figuras das últimas épocas.

Tratam-se de Sérgio Oliveira e Jesús Corona, que, de acordo com informações veiculadas, esta segunda-feira, pelo jornal A Bola, têm vindo a ser alvo de um ‘assédio’ cada vez mais intenso por parte da Fiorentina.

No caso do internacional português, está ‘blindado’ por uma cláusula de rescisão no valor de 30 milhões de euros, mas o presidente, Jorge Nuno Pinto da Costa, estará disposto a libertá-lo caso receba uma proposta na ordem dos 20 milhões de euros.

Já a cláusula de rescisão do mexicano, baixa dos 40 para os 25 milhões de euros durante o defeso, o que o torna num alvo apetecível para diversos clubes europeus, como é o caso, não só da Fiorentina, como também do Sevilla, de Julen Lopetegui.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.