” Pedimos 2 milhões para pagar ordenados “

Pinto da Costa revelou que teve de pedir um empréstimo para pagamento dos ordenados do FC Porto.

Numa entrevista ao Jornal de Notícia o líder azul e branco revelou mesmo que esse pedido foi recusado pelo Novo Banco mas que encontrou solução num banco alemão.

“No ano passado, o FC Porto pagou 47 milhões de euros de impostos. Grande parte dessa verba estará incluída nos 850 M€ que todos os portugueses deram para viabilizar o Novo Banco. Mesmo assim, fizemos a esse banco um pedido de financiamento de dois milhões de euros, para facilitar o pagamento de ordenados, desde abril, com garantias dadas pela FPF pelo dinheiro que temos a receber das provas da UEFA, mas o Novo Banco recusou. Acabámos por resolver esse problema num banco alemão”.

Pinto da Costa revelou que este dinheiro foi necessário devido à pandemia Covid-19.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.