Luís Figo sondado

Holdimo, detentora de 29,8 por cento do capital social da SAD do Sporting, exigiu esta segunda-feira a realização de uma assembleia geral extraordinária urgente para analisar o momento do clube de Alvalade. Escreve o jornal O Jogo que a empresa, que é o principal acionista privado da SAD verde e branca, quer colocar Bruno de Carvalho fora do clube, tendo já um outro nome para o cargo.

Pôr um ponto final em Bruno de Carvalho enquanto presidente do Sporting é, segundo O JOGO apurou, o desejo do principal acionista privado da SAD, a Holdimo – detentora de 29,8 por cento do capital social da sociedade desde 2013 -, que solicitou ontem, ao final da noite, uma assembleia geral extraordinária urgente para analisar os últimos desenvolvimentos em Alvalade. “O debate público sobre questões internas tem contribuído para uma exposição absolutamente dispensável e atentatória da melhor tradição da marca Sporting, com potencial prejuízo para os ativos da sociedade”, disse a empresa em comunicado, que acrescentou que se “tem abstido de participar no debate público de assuntos internos, mesmo não estando de acordo com a suspensão de jogadores da Sporting SAD”.

Ora, a preocupação do parceiro financeiro da SAD é uma das variáveis da equação complexa desenhada em torno do mandato do presidente do clube e da sociedade, Bruno de Carvalho, surgindo, por exemplo, o nome de Luís Figo, antigo internacional português e ícone do futebol luso formado em Alvalade, como desejado pela empresa para ocupar o posto do atual líder, ele que já foi sondado para o efeito. O nosso jornal soube ainda que a Holdimo quer processar Bruno de Carvalho por danos financeiros.

Fonte: noticiasaominuto.com

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.