Jesus convicto de que Bruno de Carvalho deu carta branca a radicais

De acordo com a publicação, Jorge Jesus terá provas de que o líder leonino autorizou o “aperto” de alegados membros da Juve Leo ao plantel e equipa técnica.

Jorge Jesus estará convicto de que Bruno de Carvalho deu o seu aval a líderes da Juve Leo para que radicais da claque “apertassem” com o plantel principal do Sporting e respetiva equipa técnica. A informação é avançada pelo jornal Público, que refere ainda que o treinador leonino terá em sua posse provas dos contactos entre o presidente do clube e os indivíduos em questão, que terão decorrido a 6 de abril, após a derrota dos leões em Madrid, frente ao Atlético, em jogo da Liga Europa.

A publicação adianta que as provas poderão ser apresentadas às autoridades, depois de, na quinta-feira, Bruno de Carvalho ter garantido que o Conselho Diretivo do Sporting não se vai demitir.

Recorde-se que foram constituídos 24 arguidos na sequência dos incidentes e agressões registadas em Alcochete, na terça-feira. Na quinta-feira, foram ouvidos quatro detidos, sendo que, esta sexta-feira, prosseguem os interrogatórios.

Fonte: ojogo.pt

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.