“Tinha Jorge Jesus e Domingos Soares de Oliveira quando fui corrido”

Luiz Godinho Lopes revela, esta terça-feira, numa entrevista concedida ao jornal A Bola, que tinha tudo acertado com Jorge Jesus e Domingos Soares de Oliveira – então treinador e administrador da SAD do Benfica, respetivamente – quando abandonou a presidência do Sporting, em 2013.

À margem da apresentação do livro “Olhos no olhos”, onde revela vários episódios da sua passagem por Alvalade, o antigo líder leonino diz sentir-se obrigado a vir a público defender-se, depois de o seu nome ter sido “enxovalhado”.

“Tinha Jorge Jesus e Domingos Soares de Oliveira quando fui corrido. Falei com Jorge Jesus, a primeira vez em dezembro de 2012. Tínhamos combinado que seria no final dessa época. Os valores? Metade daquilo que Bruno de Carvalho pagou. Vinha ele e vinha o Domingos Soares de Oliveira . Reuni-me com ele, é sportinguista, excelente gestor e grande trabalho no Benfica”, afirmou.

Rui Gomes da Silva arrasa Pinto da Costa

«Aos ‘papagaios’ que se julgam espertos não se faz uma festa»

Rui Gomes da Silva acusa Pinto da Costa de “hipocrisia” na habitual crónica que assina no blogue ‘Novo Geração Benfica’.

“O Benfica ganhou e bem! Apesar de tudo ter sido preparado – antes e durante o jogo – para ‘nos adormecer’! Durante, com a arbitragem! Antes, com frases como ‘O futebol não pode ser uma guerra’, dita pelo maior incendiário do futebol português”, acrescenta. “Eu sei que o Benfica respondeu no campo, mas uma afirmação destas, dita por quem a disse, não pode ficar sem resposta!!!”

E prossegue: “A hipocrisia não se ignora, antes deve ser combatida com frontalidade! Dos ataques indiretos não se foge, antes procuram-se argumentos para os atirar à cara de quem lança pedras e esconde a mão! Aos ‘papagaios’ que se julgam espertos não se faz uma festa como se de um bicho inofensivo se tratasse, antes responde-se como se faz aos abutres que só querem a nossa morte!”

Rui Gomes da Silva acusa Pinto da Costa de falta de “ética” e deixa uma certeza: “As tentativas de moralização, de quem não tem nenhuma ética na vida, não se ignoram, antes apontam-se como exemplo de falta de caráter e de puro maquiavelismo que temos que combater! Ninguém nos respeitará se não nos dermos ao respeito!”

“E – pergunto eu – haveria melhor maneira de nos darmos ao respeito respondendo de viva voz a quem diz tudo e o seu contrário porque sabe que ficará sem resposta? Claro que não! Mas para isso precisamos de não ter medo!!!”, conclui.

Fonte: record,pt

Nani

“Sabemos que temos de melhorar e vamos fazê-lo”

Capitão do Sporting admite “imensa desilusão” com a derrota com o Portimonense.

“Nada que possa dizer agora apaga a imensa desilusão que sentimos por esta derrota. Sabemos que temos de melhorar e vamos fazê-lo. Agradecemos todo o vosso apoio, que tem sido fenomenal, e que nos dá sempre muita força. Continuaremos a lutar, continuaremos unidos”, prometeu.

Onzes oficiais na Luz

Já são conhecidos os onze oficiais de Rui Vitória e de Sérgio Conceição para o clássico da Luz.

JÁ HÁ ONZE DO BENFICA: Vlachodimos, André Almeida, Rúben Dias, Lema e Grimaldo; Feja, Pizzi, Gabriel, Cervi, Salvio e Seferovic

Suplentes: Svilar, Alfa, Samaris, Gedson, Rafa, Jonas e Castillo

JÁ HÁ ONZE DO FC PORTO: Casillas, Maxi, Felipe, Militão, Alex Telles, Otávio, Herrera, Danilo, Brahimi, Marega e Soares

Suplentes: Vaná, Chidozie, Mbemba, Óliver, Corona, André Pereira e Sérgio Oliveira

Académica goleada em casa

Estoril ‘humilha’ Académica em jogo com nove golos

OEstoril regressou, este domingo, às vitórias na II Liga, após a pesada derrota por 1-4 na última jornada, diante do Mafra. Frente a uma Académica que, a meio da semana, despediu o treinador Carlos Pinto, os canarinhos ‘vingaram-se’ e venceram por… 7-2.

O primeiro golo da partida surgiu logo aos nove minutos, por intermédio de Pedro Queirós. No entanto, a vantagem dos homens da Linha foi anulada pouco depois, fruto ao tento de Hugo Almeida.

Aos 19 minutos, Aylton recolocou o Estoril em vantagem, que não mais parou de ‘engordar’ daí em diante: Vigário (bis), Dadashov (bis) e Roberto fizeram o gosto ao pé frente aos coimbrenses, que ainda esboçaram uma reação (tímida), novamente por Hugo Almeida.

Com este resultado, o Estoril passa a somar 12 pontos e ascende aos quarto lugar da II Liga, deixando para trás o Mafra, que, na véspera, empatou com o Famalicão. Já a Académica, com seis pontos, cai para o 11.º posto.

Fonte: noticiasaominuto.com

Peseiro convoca 22 para Portimão

BATTAGLIA REGRESSA AOS CONVOCADOS DO SPORTING

Os regressos de Battaglia, Misic, Marcelo e Castaignos são as notas de destaque na convocatória de José Peseiro para a deslocação do Sporting a Portimão, para defrontar o Portimonense.

Convocados:

Guarda-redes: Salin, Renan e Diogo Sousa.

Defesas: Marcelo, Coates, André Pinto, Jefferson, Ristovski e Bruno Gaspar.

Médios: Petrovic, Battaglia, Misic, Bruno Fernandes, Gudelj e Acuña.

Avançados: Nani, Mané, Raphinha, Diaby, Jovane, Montero e Castaignos.

Sérgio Conceição convoca 21 jogadores

A presença de Mbemba, que se estreia numa convocatória do FC Porto, constitui a grande novidade dos convocados do FC Porto.

Convocados do FC Porto:

Casillas, Vaná e Fabiano; Chidozie, Felipe, Mbemba, Maxi, Alex Telles, Militão; Óliver, Bruno Costa, Herrera, Otávio, Sérgio Oliveira e Danilo; Brahimi, André Pereira. Marega, Corona, Tiquinho e Adrian Lopez.

Benfica – Convocados para o clássico

Rui Vitória conta com duas novidades na convocatória: Gabriel e João Félix voltam às opções do técnico.

Lista de Convocados:

Svilar, Vlachodimos, Grimaldo, Rúben Dias, Corchia, Lema, André Almeida, Fejsa, Gabriel, Cervi, Alfa Semedo, Zivkovic, Salvio, Pizzi, Samaris, Rafa, João Félix, Gedson, Jonas, Seferovic e Castillo.

Rui Vitória

“Vão lá perguntar ao FC Porto se não queria ter estes meus seis títulos”

Rui Vitória fez este sábado a antevisão do encontro de amanhã frente ao FC Porto, desvalorizando o facto de nunca ter vencido o portistas enquanto treinador das águias.

“Nas provas em que disputámos com o FC Porto… O Benfica tem seis títulos. O FC Porto e o Sporting têm dois cada um. Já começo a ficar um bocado farto porque acho que muitas vezes é uma falta de respeito as intervenções que têm”, começou por referir o técnico encarnado, lembrando várias estatísticas do clube da Luz.

“Desde que o novo Estádio da Luz foi feito, o Benfica ganhou aqui três vezes ao FC Porto. É problema do Rui Vitória? É do Rui Vitória, do Jorge Jesus, do Camacho, do Fernando Santos… Sabem quantas vezes é que o Benfica passou a Liga dos Campeões nos últimos 25 anos, no novo formato? Cinco! Duas foi comigo. É difícil quando só se quer ver o copo meio cheio”, atirou o técnico.

“Vão lá perguntar ao FC Porto se não queria ter estes seis títulos desde que sou treinador do Benfica? Amanhã há três pontos para ganhar e vamos ganhá-los. Respeitem o trabalho… O meu trabalho, da minha equipa técnica, dos meus jogadores… “, terminou o técnico.

BAS DOST

BAS DOST FOI AUMENTADO E PASSOU A SER O MAIS BEM PAGO

Foi, dos jogadores vítimas de agressões no dia da invasão da Academia, por parte de cerca de 50 adeptos radicais encapuzados, o que mais sentiu na pele as lesões, tendo sido suturado na cabeça. E foi também um dos três que voltaram atrás e assinaram novo contrato após ter rescindido.

Logo na altura, em julho, soube-se que aumentaria um ano ao vínculo – até 2021 – e agora, sabe A BOLA, que também mereceu significativo aumento salarial, passando a ser o mais bem pago do plantel, logo um dos mais bem pagos em Portugal.

Bas Dost estava decidido a deixar Portugal. Aquele dia 15 de maio não lhe saía da cabeça e foi preciso grande esforço da Comissão de Gestão e da SAD, lideradas por Artur Torres Pereira e Sousa Cintra, para convencer o goleador a voltar.

O holandês acedeu e os leões premiaram o jogador, que ganhava €1,8 M mas que agora passou a ganhar bem acima, já no patamar dos €2 M aos €3 M.

Fonte: abola.pt