Jogador do Gil Vicente falsificou a sua idade

O Gil Vicente rescindiu o contrato com o cabo-verdiano Platiny Alves devido a irregularidades com a sua documentação, havendo suspeitas que tenha falsificado a idade. A denúncia foi feita pelo jornal ‘A Semana’, de Cabo Verde.

img_770x4332016_09_26_17_51_01_1161747

António Fiúsa, presidente do emblema de Barcelos, revelou que também houve problemas com a certidão de nascimento do futebolista, que oficialmente tem 20 anos. “A verdade é que fomos enganados. Contratámos o jogador pensando que ele tinha a idade que apresenta nos documentos. Ficámos estupefactos e tristes com a situação porque acreditámos nos documentos que ele nos apresentou”, explicou, também em declarações ao jornal ‘A Semana’, justificando assim a rescisão unilateral de um contrato que era válido até 2018.

O próprio jogador, que se encontra sem clube, explicou que foi enganado por um agente italiano que o trouxe para Portugal quando tinha 16 anos de idade. “Ele deixou-me entregue à minha sorte. Desapareceu e nunca mais soube do seu paradeiro”, afirma o jogador, que foi depois acolhido pelo Gil Vicente, clube que o ajudou a obter autorização de residência, mediante um contrato de trabalho.

Fonte: Jornal Record

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.