«

»

Out 17

O Futebol perde força …perante a tragédia

A equipa da Bancada Central não ficou nem esta indiferente ao que passou no País no últimos dias. Aqui fica o nosso e talvez vosso desabafo.

Perante esta enorme tragédia que assolou Portugal muitos poderiam pensar que esta página apenas se fala de Desporto mas não.

Dói-nos as imagens que vamos assistindo na TV, a nossa alma gera raiva e uma revolta silenciosa.

Ao ouvir o Primeiro Ministro dizer que as pessoas ” tem de se habituar a situações “, a pergunta que nos ocorre é Temos de aceitar a morte ?

Então mas o Estado não serve para defender os seus cidadãos ? Então e o dinheiro dos nossos impostos ?

Custa-nos a querer que a Ministra da Administração Interna ainda se manter no cargo. Se resolve o problema ? Claro que não, mas de uma forma ética e moral ficava-lhe pedir a demissão.

Ao Primeiro Ministro também que lhe ficava bem pedir desculpas, não pode querer as palmas dos Portugueses por o défice “baixar” e quando algo corre menos bem não dar uma palavra aos Portugueses que ainda hoje neste momento choram mais de 100  mortes em menos de 4 meses.

Chega de discutir futebol todos os dias na televisão.

Chega de discutir se o Jorge Jesus e o Rui Vitória andam às turras.

Chega de termos políticos que nos envergonham que e se mantém na vida política mais de 20 / 30 anos e que não assumem as suas culpas.

Chega de discutir se os animais entram ou não nos restaurantes isto com todo o respeito pelos Animais, mas existem momentos que a urgência que o Estado deve saber escolher os caminhos prioritários.

Chega de não nos revoltarmos com estas duas grandes tragédias que atingiram Portugal e centenas de famílias.

Sim porque neste momento se existem mais de 100 mortes entre Pedrógão e o dia 15 de Outubro centenas de famílias ficarão para sempre devastadas da felicidade a que tinham direito.

Chega António Costa, chega de não assumir as responsabilidades.

CHEGA queremos actos e não palavras.

Queremos responsabilidades.

A todos os bombeiros a todos que combateram as chamas daqui vai um enorme Obrigado.

Vocês ao contrário dos nosso governantes são os nossos heróis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>