«Estou muito triste com o que aconteceu em Alvalade» – Carlos Pinho

© GLOBAL IMAGENS / TONY DIAS

Carlos Pinho, presidente do Arouca, comentou o caso do túnel de Alvalade, onde se confrontou com o presidente do Sporting Bruno de Carvalho.

O dirigente do clube do distrito de Aveiro reconheceu que o que aconteceu foi «triste» e não podia ter acontecido. Ainda assim, Carlos Pinho espera que se tome uma decisão justa.

«Estou triste perante o que aconteceu. Nunca esperava que aquilo pudesse suceder. Não pode acontecer no futebol. Espero bem que as pessoas competentes analisem bem esse caso. Injustiçado, não. Mas fiquei triste porque o que aconteceu ultrapassou o futebol e eu fui alvo de ataques pessoais, alguns deles visando a minha família. Por aí se vê a cultura de um presidente de um grande clube, como é o caso do Sporting», disse Carlos Pinho nua entrevista ao jornal O Jogo.

Na mesma entrevista, o dirigente do Arouca abordou os temas mais recente do clube. Afirmou que o objetivo continua a ser a permanência e que quer continuar com Lito Vidigal pelo menos até 2019, apesar do interesse de vários clubes na sua contratação.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.